Uma solenidade ocorrida na noite desta quarta-feira (10 de abril) na escola municipal Catarina de Sousa Maia, marcou a abertura do projeto Patrulha Mirim Solidária (P.M.Sol.) na cidade de Catolé do Rocha. Estiveram presentes o comandante do 12º BPM, Major Esaú, o comandante da 3ª Companhia, Tenente Fernando, a diretora da unidade de ensino Adriana Jales, o vice-prefeito Laurinho, além de outras autoridades civis e militares.
Na oportunidade foram entregues os uniformes aos mais de 30 alunos participantes do projeto, com idades entre 9 e 12 anos, de ambos os sexos, estudantes do 4º ao 8º ano, e todos devidamente autorizados pelos pais ou responsáveis legais. Durante seis meses, os alunos do projeto terão dois encontros por semana com os policiais militares, no turno diferente do das aulas. A equipe terá a coordenação do tenente Fernando e da diretora Adriana Jales, além dos instrutores Cabo Monteiro e Soldado Andreza.
O projeto Patrulha Mirim Solidária, que surgiu ano passado em São Bento e ganhou destaque em todo o estado da Paraíba, com ações e atuações cívico-sociais e religiosas, dando exemplo de civismo, patriotismo, cidadania, disciplina e educação ambiental e para o trânsito, agora foi estendido para mais três cidades: Catolé do Rocha, Brejo do Cruz e Pombal. O número de alunos aumentou significativamente, passando de 36 para mais de 230, divido em várias turmas.
O projeto tem ajudado às crianças participantes a desenvolverem plenamente as suas potencialidades intelectuais, sociais e afetivas, bem como contribuído para a formação do caráter e estimulado o trabalho em equipe e o cultivo da paz. Além disso, os resultados têm sido surpreendentes, tanto no rendimento escolar quanto no comportamento.
ASSESSORIA DE IMPRENSA/12º BPM