Domingo, 26 de Setembro de 2021
30°

Poucas nuvens

Riacho dos Cavalos - PB

Polícia PARAIBA

Homem que matou motoboy em João Pessoa está foragido e Polícia Civil faz buscas para cumprir mandado de prisão preventiva

A prisão preventiva pelo homicídio com dolo eventual foi decretada pela 3ª Vara Criminal de João Pessoa.

13/09/2021 às 15h02
Por: Danilo Almeida Fonte: Notícia Paraíba
Compartilhe:
Homem que matou motoboy em João Pessoa está foragido e Polícia Civil faz buscas para cumprir mandado de prisão preventiva

Ruan Ferreira de Oliveira, 28 anos, que atropelou e matou o motoboy, Kelton de Souza, 33 anos, está foragido da Justiça após ter sua prisão preventiva decretada pela 3ª Vara Criminal de João Pessoa. O acidente aconteceu na madrugada de sábado (11), quando ele dirigia o carro a uma velocidade de 163 km/h, na Avenida Governador Flávio Ribeiro Coutinho (Retão de Manaíra), no bairro de Manaíra. No veículo a polícia encontrou bebidas alcoólicas e drogas.

“Eu pedi a prisão temporária pelo homicídio e o Ministério Público optou pela preventiva. Assim a justiça entendeu e decretou pela prisão preventiva pelo homicídio com dolo eventual”, informou em conversa ao ClickPB, o delegado de Crimes contra a Pessoa da Capital, Rodolfo Santa Cruz, que investiga o caso. Ruan Ferreira está foragido e a polícia trabalha nas buscas pelo paradeiro do motorista. 

O delegado frisou ainda que o mandato de prisão deixa claro que qualquer oficial de justiça ou qualquer autoridade policial pode recolher e prender o motorista que atropelou e matou Kelton de Souza. Rodolfo Santa Cruz comentou também que a Polícia Civil já está com as imagens, as quais circulam nas redes sociais, em que flagra o momento do acidente e a velocidade desenvolvida na hora da colisão. No entanto, falta ainda as imagens oficiais do GPS e do circuito de câmeras de prédios da localidade.

Uma das imagens é do GPS do carro de Ruan Ferreira (mais conhecido por Ruan Macário) que ficou no local do acidente, na madrugada do sábado (11). Após o acidente ele fugiu, deixando toda documentação, e a Polícia Civil também está com o vídeo que mostra a sua fuga sem prestar socorro à vítima que morreu no local. Tanto a moto quanto o carro ficaram destruídos. Além disso, o muro de um condomínio residencial foi derrubado. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias