Quinta, 21 de Outubro de 2021
36°

Poucas nuvens

Riacho dos Cavalos - PB

Brasil Brasil

Presidente Bolsonaro deve negar reunião com governadores para evitar mais desgastes

Presidente Bolsonaro deve negar reunião com governadores para evitar mais desgastes

26/08/2021 às 08h04
Por: Danilo Almeida
Compartilhe:
 Presidente Bolsonaro deve negar reunião com governadores para evitar mais desgastes

Apesar da tentativa de governadores de buscar uma pacificação do Executivo com o Judiciário, o pedido de reunião com o presidente Jair Bolsonaro, que eles fizeram no início desta semana, não deve ser aceito. O chefe do Planalto não avalia de forma positiva um eventual encontro com os gestores, pois entende que o evento serviria apenas para desgastá-lo ainda mais no cenário político.

Assessores de Bolsonaro dizem que colocá-lo diante de governadores não deve distensionar o clima de instabilidade institucional porque, antes de se desentender com o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente já brigava com os gestores. Desde o início da pandemia, o chefe do Executivo coloca a culpa nos governadores pelo aumento da taxa de desemprego, sob o argumento de que medidas de isolamento social para prevenir a doença, entre as quais o fechamento do comércio, foram as que mais contribuíram para a redução dos postos de trabalho.

Bolsonaro tem empurrado para os gestores, também, a responsabilidade pela disparada dos preços dos combustíveis e do gás de cozinha. Diante desse panorama, uma reunião com governadores seria pouco profícua, segundo o Planalto, e poderia ter o efeito inverso, intensificando ainda mais o clima de desarmonia.

O fato de gestores se apresentarem como possíveis candidatos à presidência, como João Doria (PSDB-SP) e Eduardo Leite (PSDB-RS), também poderia impedir a construção de um consenso, sobretudo por esses governadores rivalizarem com Bolsonaro.

O receio do presidente é de, com a reunião, possibilitar palanque político aos seus adversários. Assim, no fim das contas, estaria tensionando ainda mais o ambiente político e pouco contribuindo para colocar panos quentes na crise institucional.

Correio Braziliense

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias