Sexta, 21 de Janeiro de 2022
30°

Pancada de chuva

Riacho dos Cavalos - PB

Educação PARAIBA

Novo decreto de João Pessoa deve autorizar aulas presenciais na rede municipal e público em estádios, diz prefeito

Decreto entra em vigor a partir de domingo (1º) e tem como base a queda de ocupação de leitos em João Pessoa.

30/07/2021 às 13h47 Atualizada em 30/07/2021 às 20h16
Por: Danilo Almeida Fonte: G1 PB
Compartilhe:
Novo decreto de João Pessoa deve autorizar aulas presenciais na rede municipal e público em estádios, diz prefeito

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), anunciou nesta sexta-feira (30), em entrevista à TV Cabo Branco, as possíveis mudanças do próximo decreto, que deve entrar em vigor no domingo (1º). Entre as novidades, está o retorno das aulas presenciais da rede municipal de ensino e a presença de torcedores nos estádios, provavelmente com capacidade de até 30%.

 

“Precisamos voltar ao normal, precisamos respeitar as necessidades das pessoas, quer seja psicológica mas também econômica”, afirmou Cícero Lucena.

 

A volta às aulas ocorrerá de forma gradual, começando pelos Centros de Referência em Educação Infantil (CREIs), que atendem crianças de 3 a 6 anos de idade. O prefeito afirma que todo um planejamento tem sido feito para estabelecer os protocolos necessários.

 

“Todo protocolo está sendo cumprido e estabelecido, e a Secretaria de Saúde está fazendo as marcações de distanciamento, providenciando a higienização e os equipamentos que se fazem necessários, como máscara e álcool em gel. Todas essas medidas já vêm sendo planejadas pela secretária América há bastante tempo”, explicou.

 

Com relação à volta de 30% do público nos estádios, Cícero Lucena informou que não será permitida a venda de bebida alcoólica durante as partidas para evitar comportamentos de aglomeração.

O decreto de João Pessoa tem como base a queda de ocupação de leitos em João Pessoa. Na região metropolitana de João Pessoa, 25% dos leitos de UTI para adultos estão ocupados. Mais de 520 mil doses da vacina já foram aplicadas na capital paraibana.

 

Ele1 - Criar site de notícias