Domingo, 26 de Setembro de 2021
32°

Poucas nuvens

Riacho dos Cavalos - PB

Polícia Coronel Campos

Coronel Campos manda recado para bandidagem: ‘A gente não costuma alimentar nenhum Lázaro’. Vídeos

Loló ainda foi socorrido para o Hospital Regional de Patos, mas chegou sem vida.

29/07/2021 às 12h26 Atualizada em 29/07/2021 às 12h38
Por: Danilo Almeida
Compartilhe:
Coronel Campos manda recado para bandidagem: ‘A gente não costuma alimentar nenhum Lázaro’. Vídeos

Após a ação considerada exitosa da Polícia Militar, na manhã desta quinta-feira (29), na ação que resultou na morte do acusado de atirar e matar o policial militar cabo Manoel Messias Paulino, 44 anos, o comandante da CPR II, coronel Francisco Campos, comentou a ação e deixou um recado para bandidagem.

Na ação desta manhã, policiais militares trocaram tiros com os dois suspeitos de assassinar o PM. No confronto que se deu na Zona Rural do município de Malta-PB, um dos acusados foi morto na troca de tiros.

A vítima fatal é um homem que residia em Patos, mas tem família em Malta, identificado por Eduardo Gomes Ferreira, conhecido por Loló. Com ele, foram encontradas duas armas de fogo.

Loló ainda foi socorrido para o Hospital Regional de Patos, mas chegou sem vida.

A Polícia Militar informou que Loló residia em Patos e era suspeito de ter assassinado dias atrás um homem em Malta.

O outro de nome Alex, que seria o responsável pela briga com o policial, ainda não foi preso pela Polícia Militar.

O crime aconteceu na noite de ontem (28) em Malta-PB.

A Ação policial

Os dois suspeitos foram logo identificados e homiziaram dentro do mato após fuga em um veículo que foi apreendido pela polícia minutos depois.

O homem, cuja identidade não foi revelada, que deu fuga a dupla, foi preso no veículo da fuga.

Os dois correram para dentro do mato e foram cercados. Houve troca de tiros.

As duas mulheres que estavam no local também foram presas minutos depois pela madrugada. Outros dois homens também foram presos. Não foi dito ainda qual teria sido a participação deles. Nas imagens do crime, mostra que um homem chega com Loló na cena do crime e fica na moto esperando.

O crime

O policial militar que pertencia ao 3º Batalhão de Polícia Militar e que destacava em Condado-PB, foi morto a tiros enquanto estava em um trailler bebendo com amigos, na Rua Monsenhor Valeriano Fernandes, às margens da BR-230, às 22h03.

De acordo com imagens de um vídeo do local, o cabo Messias Paulino estava em um trailler bebendo com amigos, na Rua Monsenhor Valeriano Fernandes, às margens da BR-230, e entrou em desavença com um desafeto conhecido por Alex.

As imagens mostram que Paulino conseguiu imobilizar o suspeito em luta corporal e, em seguida, chegam mais pessoas em duas motocicletas e conseguem tirar o policial de cima do suspeito.

Chega outro rapaz e atira contra o policial que está caído ao chão.

Vicente Conserva – Portal 40 Graus

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias