Luz Solar do Sertão
Caso Aline

Ministério público denuncia acusado de matar a Riachoense Aline e pede prisão preventiva

Aline foi encontrada morta três dias depois de desaparecer, em setembro deste ano

14/11/2019 19h40
Por: Redação
Fonte: Click PB
869

O Ministério Público denunciou por três crimes o homem apontado como acusado da morte da jovem Aline Silva Dantas, de 19 anos, em Alumínio, no estado de São Paulo. O processo corre pelo Fórum de Mairinque, também em São Paulo.

 

Aline Silva Dantas e sua família são naturais da cidade de Riacho dos Cavalos, cidade localizada no Sertão do Estado da Paraíba. Ela desapareceu após sair de casa para comprar fraldas para sua filha.

 

De acordo com o MP, o promotor de Justiça Tiago Garcia Totaro ofereceu denúncia contra Heronildo Martins Vasconcelos, na sexta-feira (8), por homicídio qualificado, estupro e ocultação de cadáver. Também foi pedida a prisão preventiva do réu.

Aline foi encontrada morta três dias depois de desaparecer, em setembro deste ano, quando saiu de casa para comprar fraldas para a filha de um ano. O corpo da jovem estava em uma área de mata e parcialmente queimado sob troncos de árvore.

 

O suspeito Heronildo, de 45 anos, foi preso em casa depois que a polícia identificou o DNA dele no corpo da vítima. O homem negou envolvimento, mas também havia sido indiciado pela polícia por estupro, homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias