hyy
Corpo de jovem

Corpo de jovem que desapareceu após sair de Caruaru é encontrado atrás de condomínio em João Pessoa

Patrícia Roberta desapareceu após sair de Caruaru, na sexta-feira (23), com destino a João Pessoa, onde passaria o fim de semana com um rapaz que havia conhecido.

27/04/2021 18h40
Por: Danilo Almeida
Fonte: Lucas Isídio

A Polícia Militar da Paraíba encontrou, na tarde desta terça-feira (27), o corpo da jovem Patrícia Roberta. Ela desapareceu após sair de Caruaru, na sexta-feira (23), com destino a João Pessoa, onde passaria o fim de semana com um rapaz que havia conhecido. O corpo foi achado em um matagal, por trás do condomínio Geisel Privê, no bairro Novo Geisel, segundo informou ao ClickPB o coronel Barros, comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM).

 

A Polícia Civil da Paraíba investiga o desaparecimento da jovem de 22 anos. A mãe de Patrícia contou a polícia que, no sábado (24), a jovem entrou em contato e informou que o rapaz a havia deixado presa em casa. Já no domingo (25), por volta das 12h, Patrícia enviou uma mensagem dizendo que o homem havia chegado em casa com duas passagens para Caruaru e que os dois estariam voltando para a cidade.

 

Os pais da jovem chegaram a João Pessoa nessa segunda-feira (26). Segundo eles, a filha estaria em um apartamento no condomínio Irmã Dulce, no bairro de Gramame.

 

A Polícia Civil informou ao ClickPB que o rapaz foi identificado, mas segue também desaparecido. A Polícia Civil segue a procura do suspeito.

 

Peritas encontram lista com nomes de mulheres e manuscritos perturbadores em apartamento onde jovem desaparecida esteve: “à noite saio para matar”

Perícia encontra tênis com marcas de sangue em apartamento onde jovem desaparecida ficou em João Pessoa; peças pessoais também são encontradas

Jovem de 22 anos desaparece ao sair de Caruaru para João Pessoa; Polícia investiga o caso

Polícia realiza perícia no apartamento onde jovem desaparecida esteve em João Pessoa e inicia buscas com o uso do canil em área próxima

As peritas responsáveis por periciar o apartamento onde Patrícia Roberta esteve, no último fim de semana, encontraram, além de objetos com vestígios de sangue, uma lista com pelo menos 22 nomes de mulheres, entre eles o da jovem desaparecida. Ainda foram encontrados manuscritos considerados perturbadores como “à noite saio para matar”, “você é muito boazinha”. Tudo foi recolhido e periciado.

 

De acordo com a perita Amanda Melo, no apartamento foi possível encontrar vestígios de sangue em fronhas que estavam em um tanque de lavar roupas. “Elas foram enroladas e organizadamente depositadas nesse tanque de roupa suja, junto com algumas roupas masculinas. Utilizamos luz forense nelas e vimos alguns vestígios de indicativos de sêmen sobre essas roupas”, afirmou.

 

Na perícia, ainda foram encontradas roupas, escova de dente e demais acessórios que seriam da jovem desaparecida e que estavam em um balde de lixo. Um carro de mão, que possivelmente tenha sido usado para transportar o corpo da jovem, como relatam algumas testemunhas, foi encontrado e será periciado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias