Domingo, 18 de Abril de 2021
83 9 9690-1026
Senado Federal Senado Federal

Comissão ouve secretário sobre publicidade do governo na pandemia

A  comissão temporária criada para acompanhar as ações contra a covid-19 tem uma audiência pública marcada para esta terça-feira (6) a fim de ouvir...

05/04/2021 10h56
Por: Danilo Almeida Fonte: Agência Senado
Comissão ouve secretário sobre publicidade do governo na pandemia

A  comissão temporária criada para acompanhar as ações contra a covid-19 tem uma audiência pública marcada para esta terça-feira (6) a fim de ouvir o secretário especial de comunicação social do Ministério das Comunicações, almirante Flávio Augusto Viana Rocha, sobre as ações de publicidade do governo federal durante a pandemia. Senadores têm defendido a necessidade de um plano de comunicação federal para conscientizar os brasileiros a apoiar medidas preventivas como distanciamento social,  além do uso de máscaras e de álcool em gel. A reunião remota começa às 10h. 

Autor do requerimento de convite ao almirante, o senador Confúcio Moura (MDB-RO) lembra que governadores apontaram, em reunião no mês de março, a necessidade de conscientização da população e combate às fake news sobre a covid-19 como um dos pontos cruciais para adesão às medidas de distanciamento social, higiene e vacinação.  

"Os governadores foram unânimes em atribuir à vacinação o topo da lista de providências a serem tomadas, emergencialmente, para contenção da crise pandêmica enfrentada no país. Em seguida, apontam a necessidade de conscientização da população por meio de campanhas publicitárias, em contraponto com as manifestações “antivacinas” e as “fake news” que se propagam rapidamente nas redes e prejudicam a adesão do cidadão ao plano de vacinação, colocando a nação em risco", justifica Confúcio no requerimento. 

A reunião terá transmissão pelo canal da TV Senado no Youtube.  

COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR

Participe:
http://bit.ly/audienciainterativa
Portal e-Cidadania:
senado.leg.br/ecidadania
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias