Luz Solar do Sertão
Suplente de vereador

Suplente de vereador é condenado à prisão antes de assumir na CMJP

Sérgio da Sac poderá recorrer da condenção e caberá à Justiça dizer se ele poderá ou não assumir a vaga na Câmara

11/10/2019 18h43
Por: Redação
Fonte: portal correio
35

O segundo suplente de vereador na Câmara de João Pessoa, Evandro Sérgio de Azevedo Araújo, conhecido como Sérgio da Sac (Solidariedade), foi condenado a quatro anos de reclusão e dois de detenção, com 40 dias-multa, acusado de desviar dinheiro público. Outras três pessoas também foram condenadas no mesmo processo. Da decisão, cabe recurso.

Sérgio da SAC está prestes a assumir uma vaga de suplente na Câmara Municipal de João Pessoa depois que Helena Holanda (Progressistas) ganhou titularidade do mandato ao ter na Justiça direito adquirido para assumir a vaga de Eduardo Carneiro (PRTB), que se tornou deputado estadual.

Vereador seria responsável por esquema

Segundo o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), Sérgio comandou um esquema para desviar recurso público por meio da Associação Esportiva, Cultural, Recreativa e Comunitária do bairro Valentina de Figueiredo, em João Pessoa.

Ele e outras três pessoas acusadas teriam se apropriado do valor de R$ 53,3 mil, do Convênio nº 23/2010, falsificando documentos comprobatórios da capacidade financeira da entidade, fabricando cheques e extratos bancários, a fim de comprovar a possibilidade de adimplir a contrapartida financeira para, assim, receber os recursos, e, em outro momento, atestar ter depositado e utilizado o valor integral do convênio (R$ 53.300 originário da PBTur e R$ 4.264,00 correspondente à contrapartida da Associação convenente, totalizando R$ 57.564,00).

A denúncia afirma que Sérgio foi de fundamental importância no esquema, pois, através de lobby político, angariou do Governo do Estado o convênio para a realização de uma festa carnavalesca denominada II Carnaval do Sol, permitindo a transferência do valor para os cofres da Associação, por meio de convênio celebrado com a Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), tudo com divulgação jornalística na internet e em jornais que noticiavam que a quantia liberada havia sido resultado da atuação do vereador Sérgio da Sac.

Vaga na CMJP

Para assumir a vaga prevista na Câmara, Sérgio da Sac precisa apresentar certidões negativas de antecedentes criminais, o que fica comprometido por conta da condenação. Ele disse ao Portal Correio que não quer comentar o assunto. Sérgio poderá recorrer da condenção e caberá à Justiça dizer se ele poderá ou não assumir a vaga na Câmara.

A CMJP disse que iria emitir uma nota sobre o caso nesta sexta (11), mas nada foi publicado ou enviado à imprensa até o fechamento desta matéria. Helena Holanda já assumiu a titularidade do cargo de vereadora na Casa, nessa quinta-feira (10).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias