Hospital Infantil de Patos e mais dois da Paraíba são selecionados para atendimento de crianças com Covid-19 - Riacho Notícias
how to make gifs
Hospital Infantil de Patos e mais dois da Paraíba são selecionados para atendimento de crianças com Covid-19

Hospital Infantil de Patos e mais dois da Paraíba são selecionados para atendimento de crianças com Covid-19

COMPARTILHE


 A Secretaria de Saúde do Estado (SES) têm três hospitais como referência no tratamento de Covid-19 em crianças na Paraíba. O Hospital Municipal Valentina Figueiredo, em João Pessoa, passa a ser exclusivo para crianças com Covid-19. Já o Hospital da Criança e do Adolescente, em Campina Grande, e o Hospital Infantil Noaldo Leite, em Patos, embora sejam referências para casos de coronavírus na população pediátrica entre de 0 e 17 anos, permanecem abertos para outros tipos de enfermidades.

A SES explica que esse ajuste se mostrou necessário devido ao aumento de pacientes pediátricos com síndromes gripais na Paraíba. Segundo o secretário-executivo de Saúde do estado, Daniel Beltrammi, o plano de contingência está criado basicamente ao longo da BR-230.

Correção: ao ser publicada, a reportagem errou ao informar que os três hospitais seriam exclusivos para crianças com Covid-19. Na verdade, o Hospital do Valentina é exclusivo para casos de Covid-19. Os outros dois, embora também sejam referências para casos de crianças com coronavírus, permanecem abertos para outras enfermidades. O erro foi corrigido às 16h13.

Segundo ele, crianças com sintomas de gripe estão sendo mais presentes agora do que em tempos passados da pandemia. Além disso, algumas crianças com doenças crônicas estão precisando de mais cuidados, inclusive internamentos em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

No Hospital do Valentina, em João Pessoa, foram organizados 10 leitos UTI e 30 leitos de enfermaria para casos de Covid-19 em crianças. Pacientes infantis cujo sintomas não são decorrentes do coronavírus estão sendo encaminhados para o Hospital Infantil Arlinda Marques, em Jaguaribe.

Ainda conforme o secretário, o avanço da vacinação no estado tem diminuído os casos mais graves da doença e restringido boa parte da população a quadros mais leves do novo coronavírus, que podem ser tratados com isolamento e medicação para os sintomas. O indicado é hidratação, repouso, antitérmicos e analgésicos devidamente orientados por um médico licenciado.

A orientação da SES é que as crianças com sintomas de Covid-19 como febre, fadiga, coriza e tosse devem buscar, em primeiro lugar, a Unidade Básica de Saúde (UBS), onde será avaliada a necessidade de encaminhamento para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou a um dos hospitais de referência.

Caso apresente sintomas como falta de ar e fadiga, a criança poderá precisar de uma assistência especializada e deverá ser encaminhada para os hospitais pediátricos de referência para o agravo.

G1 PB

Leia mais notícias em www.riachonoticias.net, siga nossas páginas no Facebook, no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Site Riacho noticias pelo WhatsApp (83) 9 9690-1026.

Pages