Secretaria de Saúde divulga protocolos de segurança das Eleições Municipais 2020 - Site Riacho noticias
Secretaria de Saúde divulga protocolos de segurança das Eleições Municipais 2020

Secretaria de Saúde divulga protocolos de segurança das Eleições Municipais 2020

COMPARTILHE
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou nesta sexta-feira (11) um protocolo de recomendações para as Eleições Municipais de 2020.
O documento pode ser conferido na íntegra aqui.
No documento, constam protocolos para campanhas eleitorais, convenções, orientações e medidas no dia das eleições para evitar o contágio da covid-19.
Dentre as recomendações, destacam-se a não convocação de trabalhadores e colaboradores do grupo de risco definido pelo Ministério da Saúde: pessoas de idade igual ou maior de 65 anos, portadores de cardiopatias, doenças respiratórias graves, diabéticos, gestantes e puérperas, portadores de doenças cromossômicas e descompensados.
Os candidatos foram orientados a não realizar aglomerações (comícios, carreatas, passeatas e confraternizações) ou distribuição de material impresso. É orientada a propaganda eleitoral via mídia eletrônica, sem contato físico, durante toda a campanha eleitoral, na forma de "livemícios" (transmissões ao vivo) e comitês virtuais, aplicativos de mensagens instantâneas e chamadas de voz. Eventos devem acontecer em formato drive in, com período de tempo reduzido, distanciamento entre os carros, quatro pessoas por veículo, máscara obrigatória dentro do carro.
Convenções partidárias devem ser realizadas de forma virtual, conforme definido pelo Tribunal Superior Eleitoral; em caso de convenções presenciais, o local deve se manter limitado a 50% da capacidade de lotação, e todos os presentes devem ter a temperatura aferida (aqueles com temperatura acima de 37,5º devem procurar ajuda médica e terão acesso limitado).
É recomendado não tocar nos olhos, não compartilhar utensílios, não aglomerar, manter distância de no mínimo 1,5m das pessoas e higienizar as mãos.
As recomendações se aplicam a todos os municípios em todos os níveis de bandeira, de acordo com Daniel Beltrammi, secretário executivo de Gestão de Redes de Unidades Hospitalares.
Em relação à higiene dos ambientes, é proposto que deve ser realizada a limpeza de forma intensiva, seguindo os protocolos sanitários, e em seguida realizada a desinfecção com hipoclorito de sódio de 0,1 a 0,5%, por meio de borrifação na altura de 1,80 metro (diluição de 250 ml de água sanitária para 750 ml de água). Deverão ainda ser feitas marcações para evitar proximidade entre as pessoas e permitir a higienização e desinfecção do ambiente, equipamentos e instrumentais.

Fonte: ClickPB
Leia mais notícias em www.riachonoticias.net, siga nossas páginas no Facebook, no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Site Riacho noticias pelo WhatsApp (83) 9 9690-1026.

Pages