Arrecadação de impostos tem alta de mais de 10% em agosto na Paraíba, diz Sefaz - Site Riacho noticias
Arrecadação de impostos tem alta de mais de 10% em agosto na Paraíba, diz Sefaz

Arrecadação de impostos tem alta de mais de 10% em agosto na Paraíba, diz Sefaz

COMPARTILHE
A arrecadação de impostos na Paraíba registrou uma alta de 10,54% no mês de agosto em comparação com julho deste ano. Os dados são do 12º boletim da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB) divulgado nesta segunda-feira (14) e leva em consideração tributos como Imposto sobre Circulação de mercadorias e serviços (ICMS), Imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA) e Imposto sobre transmissão causa mortis e doação (ITCD).

Conforme o documento, a arrecadação passou de R$ 506,3 milhões, em julho, para R$ 559,7 milhões, em agosto. O aumento aconteceu após um quadrimestre de quedas, notificadas nos meses de abril, de -8,62%; maio, de -27,98%; junho, de -6,98%; e julho, de -4,15%. Os decréscimos coincidiram com o início da pandemia de Covid-19.

Em comparação com o mesmo período do ano passado, a alta foi de 8,37%. A arrecadação passou de R$ 516,5 milhões, em agosto de 2019, para R$ 559,7, no mesmo mês deste ano.

Boletim Informativo dos Impactos da Covid-19
O Boletim da Sefaz-PB dos Impactos da Covid-19 se trata de um informativo de dados, gráficos e análise da arrecadação dos impostos estaduais e da emissão dos documentos fiscais eletrônicos do Estado da Paraíba. O boletim mais recente traz também os valores do repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE), incluindo o montante do Apoio Financeiro pela União aos Estados Federativos, em 2020.

O boletim terá um acompanhamento sistemático, durante a pandemia, com base nas emissões de documentos fiscais eletrônicos de empresas e para os consumidores (Nota Fiscal Eletrônica – NF-e e da Nota Fiscal Eletrônica ao Consumidor – NFC-e) e dos tributos estaduais (ICMS, IPVA e ITCD).

G1PB
Leia mais notícias em www.riachonoticias.net, siga nossas páginas no Facebook, no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Site Riacho noticias pelo WhatsApp (83) 9 9690-1026.

Pages