Aprovado o parcelamento de débitos relativos a energia, água e esgoto ao longo da pandemia - Site Riacho noticias
  Aprovado o parcelamento de débitos relativos a energia, água e esgoto ao longo da pandemia

Aprovado o parcelamento de débitos relativos a energia, água e esgoto ao longo da pandemia

COMPARTILHE

Em tempos de pandemia a economia teve grande retração, afetando trabalhadores de todo o mundo, que vivem o estado atípico de isolamento social, medida severa, mas primordial para o resguardo da vida em decorrência do novo coronavírus. E pensando em milhões de pessoas que estão sem trabalhar, especialmente em solo paraibano, o deputado Felipe Leitão (Avante) apresentou o Projeto de Lei 1.590 / 2020 que foi aprovado na manhã desta quinta-feira (9), por unanimidade, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).
A votação, que aconteceu de forma remota, ofereceu completo aval à propositura de Leitão, que discorre sobre o parcelamento dos débitos em contas de energia, água e esgoto referentes ao Decreto 40.134 de 21 de Março de 2020 que promulgou Estado de Calamidade na Paraíba, estendendo o período até as autoridades de Saúde julgarem seguro o fim do dispositivo baseado na curva descendente da Covid-19.
“Essa pandemia vem afetando a economia dos paraibanos, especialmente os informais, aqueles de baixa renda, micro e pequenos empresários. Com esse Projeto de Lei, que tenho a certeza em ser sancionado pelo governador João Azevêdo, por ser ele um dispositivo de amplo aspecto social, a sociedade será beneficiada em período tão difícil que todos nós estamos passando”, avaliou o parlamentar.
Nos artigos 2º e 3° do PL existem outros dispositivos amplamente importantes: “O parcelamento dos débitos deverão ocorrer sem o acréscimo de quaisquer juros, multa, taxa ou correção financeira” e os benefícios devem ser ofertados, inclusive, para consumidores que já tenham parcelamentos de contas anteriores em andamento.

Leia mais notícias em www.riachonoticias.net, siga nossas páginas no Facebook, no Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Site Riacho noticias pelo WhatsApp (83) 9 9690-1026.

Pages