Luciano marca no fim, Fluminense bate o Flamengo e encara o Vasco na decisão | Site Riacho noticias

EM DESTAQUE

EM DESTAQUE

Luciano marca no fim, Fluminense bate o Flamengo e encara o Vasco na decisão

flu
E O TRICOLOR TÁ NA FINAL!
Foi com emoção, quase no último minuto. Em um jogo em que foi quase sempre superior ao rival, o Fluminense foi fiel ao estilo de jogo do técnico Fernando Diniz para vencer o Flamengo por 1 a 0 e garantir sua vaga na final da Taça Guanabara. Luciano decidiu o jogo aos 47 minutos do segundo tempo em bonita jogada após erro de Arrascaeta e colocou o Tricolor na decisão do próximo domingo contra o Vasco.
90 minutos
De um lado, um time modesto e bem organizado. Do outro, um elenco milionário que não fez valer a sua qualidade. Apesar das diferenças, o Fluminense controlou as ações do Fla-Flu desta quarta-feira durante quase todos os 90 minutos. Ao melhor estilo Fernando Diniz, o Tricolor priorizou o toque de bola, chamou o rival para seu campo e ganhou espaço quando acertou as saídas de bola. Faltou acertar o último passe para levar mais perigo ao gol de Diego Alves. Já o Rubro-Negro, quando recuperou essa posse, não soube ser efetivo. Bruno Henrique perdeu boa chance na área e Rhodolfo parou no xará Rodolfo em bonita cabeçada no primeiro tempo. Na etapa final, o Flu se abriu mais e ainda assim o Fla pecou. Chegou a desperdiçar um contra-ataque de quatro contra dois. Ao Tricolor, além da organização, ficou a lição de não desistir. A equipe de Fernando Diniz lutou até o último minuto e foi premiada com o gol de Luciano para fazer justiça no placar.
SÓ VALE TOQUE DE PRIMEIRA?Torcida do Flamengo faz homenagem
O Fluminense garantiu seu gol na final com um belo gol. Caio Henrique pressionou Arrascaeta e roubou a bola. Dai pra frente, só toques de primeira: Airton para Yony, Yony para Luciano, Luciano para o gol.
HOMENAGENS
A partida ficou marcada por diversas homenagens aos dez jovens das categorias de base que faleceram no incêndio do Ninho do Urubu. Com direito a bolas brancas, vídeo especial e música. Aos dez minutos, a torcida rubro-negra fez barulho. Um dos sobreviventes, Cauan Emanuel viu o jogo em um camarote.
Globo Esporte

Nenhum comentário

Redes

fb/https://www.facebook.com/Riachonoticias