Nesta terça-feira, 01 de janeiro de 2019, a Câmara Municipal de Riacho dos Cavalos, cidade do Sertão da Paraíba, se reuniu em Sessão Solene para dar posse à nova mesa diretora para o Biênio 2019/2020. Dezenas de convidados que prestigiaram a solenidade, testemunhou uma marca, que entra de vez para história da política riachoense, o vereador Avany José de Sousa assumiu pela sexta vez a presidência do legislativo municipal, sendo cinco delas consecutivas.

O vereador Avany de Sousa foi reeleito presidente da Mesa Diretora para o Biênio 2019/2020, na Sessão Extraordinária realizada em 02 de maio de 2017, por maioria absoluta dos votos, sendo esta, a quinta eleição consecutiva que o parlamentar foi eleito presidente da casa. Como Avany já havia sido eleito presidente para o biênio 1971/1972, o edil chega então a sexta vez a presidência da Câmara Municipal de Riacho dos Cavalos (PB).

A composição da Mesa Diretora para este segundo biênio da atual legislatura ficou composta na seguinte ordem: Presidência - Avany José de Sousa; Vice-presidência - Waldemar Campos Neto (Neguinho de Chuite); 1ª Secretaria – Bernadete de Almeida Barbosa; 2ª Secretaria – Pedro Vieira da Silva. Estiveram presentes na sessão desta terça (01), além dos quatro novos membros da Mesa Diretora, os vereadores: Josenilton Vieira de Andrade (BEM); Cláudio Leonardo Carneiro Suassuna (DEM); Gildásio José da Silva (PR) e Alian Hudson de Lima Suassuna (PSC). O vereador Irismar Gadelha Soares (Mancha) não compareceu a seção.

PERFIL

Avany José de Sousa nasceu no dia 28 de maio de 1942, no Sítio Vertentes, zona rural leste de Riacho dos Cavalos ((PB). Filho do casal Francisco José de Sousa (CIÇO DE SOUSA) e Regina Maria da Conceição (o casal in memoriam).

Em 1966, aos 24 anos Avany de Sousa decidiu enveredar na política, sendo candidato a vereador pela primeira vez, e eleito pela ARENA (Aliança Renovadora Nacional). Nas eleições municipais de 1968, foi reeleito vereador, e conseguiu chegar a sua primeira presidência do legislativo no Biênio 11971/1972, o que lhe credenciou a ser candidato a prefeito, saindo do pleito daquele ano vitorioso, para governar sua terra natal, no mandato de 1973-1976.

No ano de 1982 Avany resolveu indicar a sua esposa, Maria Diva de Oliveira Sousa, para compor a chapa majoritária ao lado do então candidato Raimundo Vieira da Costa (Raimundo Rosendo), sendo eleitos por ampla maioria de votos. Nesta mesma eleição ele apresentou também o sogro, Manoel Adonias de Oliveira (PAI NÉ), como candidato a uma vaga na Câmara, tendo sido eleito, para o mandato que transcorreu nos anos de 1993-1988, e inclusive nesse período conseguiu eleger Né Marinheiro presidente da casa para um mandato de dois anos.

Quando parecia que Avany tinha abdicado a disputa por cargos públicos, em 1992 volta à cena, com a indicação de sua esposa, Maria Diva a condução de candidata a vice-prefeita na chapa encabeçada pelo Médico Napoleão Suassuna Laureano (Dr. Napu). A eleiçãao de 92 bastante acirrada, mas a chapa apoiada por Avany não conseguiram vencer o pleito.

Nos quatro anos seguintes, Avany de Sousa manteve-se aliado do médico Napoleão Suassuna, e através de uma boa articulação política no município, conseguiu manter o nome da esposa na chapa de Dr. Napu. A chapa majoritária NAPU – DIVA venceu as eleições de 1996, e diva voltava a Prefeitura de Riacho para mais um mandato de vice-prefeita.

Em 2000 Avany José de Sousa, volta à política de fato e de direito para disputar uma vaga no legislativo, tendo sido eleito para mais um mandato.
Em 2008, ele tem mais uma vitoria como vereador, pela coligação do PMDB e outros partidos, sendo ainda eleito como presidente da Câmara nos últimos dois anos deste mandato.
Em 2012, Avany é reeleito vereador e, também, presidente da Câmara na primeira eleição da presidência (BIÊNIO 2013/2014) e, ainda, no dia 1º de janeiro de 2015, Avany é mais uma vez reeleito Presidente da Câmara de Vereadores, PARA O biênio 2015/2016.
Em 2016, aos 74 anos de idade, Avany de Sousa consegue mais uma vitória nas eleições municipais, sendo reeleito vereador para o mandato de 2017 a 2020, inclusive sendo também reeleito para presidir a Câmara no BIÊNIO 20117/2018.

Em 02 de maio de 1997, as eleições para a escolha da nova Mesa Diretora foi antecipada, e Avany José de Sousa conseguiu a façanha de se reeleger pela quinta vez consecutiva presidente do legislativo (BIÊNIO 2019/2020). Desta forma, com a posse ocorrida nesta terça (01), Avany seguirá no comando da Câmara Municipal de Riacho dos Cavalos (PB), pelo menos até 31 de dezembro de 2020.

No seu discurso de posse o vereador Avany José de Sousa, iniciou agradecendo a Deus pela dádiva da vida, assim como a permissão de chegar até este momento. Também fez referências e agradecimentos à família de sua esposa, pelo apoio de sempre. Disse também que administrar a coisa pública não é fácil.
“Muita gente imagina que administrar a coisa pública é fácil, mas pelo contrário, ser gestor hoje em dia é uma missão espinhosa e difícil, o exemplo é o que vimos pelo país a fora, ex-presidente da República, governadores, senadores, deputados e prefeitos presos, imagine um simples vereador e presidente de uma Câmara o que não poderá acontecer e não fizer a coisa certa”, disse Avany.

O presidente também agradeceu aos colegas vereadores, ao prefeito Joaquim Hugo, pela sempre recíproca parceria e forma harmoniosa como é conduzido os dois poderes do município, e fez questão de enaltecer a figura do sogro PAI NÉ pela sua importância no contexto familiar e político nesta longa caminhada em que conviveram.

O vereador Josenilton Vieira de Andrade (BEM) foi o escolhido para representar os colegas, quando do uso da palavra. Em pronunciamento breve, BEM destacou a amizade e o respeito de toda a edilidade para com o presidente Avany de Sousa, enaltecendo também o trabalho sério e dedicado do colega, a frente da presidência do legislativo municipal. “É um homem sério, dedicado e acima de tudo tem a seu favor uma longa experiência como gestor”, pontuou BEM.

 O assessor jurídico da casa, bacharel Roberto Júlio parabenizou o amigo Avany de Sousa pela longevidade a frente da presidência do legislativo, destacando como carro chefe de sua administração, o zelo e a forma séria de tratar a coisa pública. “Seu Avany tem uma responsabilidade tão grande com sua gestão, que cobra diuturnamente, principalmente dos setores jurídico e contábil, na questão de prazos, e cumprimento das responsabilidades financeiras”, disse Dr. Roberto.
O cunhado José Soares ‘O TREMENDÃO’ falou em nome da família de PAI NÉ, e não poupou elogios a pessoa de Avany de Sousa, pela sua brilhante trajetória política, sempre demonstrando competência e amor pelo serviço público.

Tremendão também fez elogios à gestão municipal, e exaltou a cidade de Riacho dos Cavalos, sua terra natal, pela importância que tem no contexto histórico e de vanguarda, sendo umas das que mais crescem no sertão do estado.


O empresário Roberto Martins também fez uso da palavra, e enalteceu de forma emocionada o histórico de vida dos pais, especialmente Avany pela sua vida de lutas, superação e desafios.

“Vejo no meu pai um exemplo de homem público honesto e preocupado sempre em servir ao seu povo, mas de forma contida, para que não ultrapasse os seus limites possíveis” completou Roberto.


O prefeito Joaquim Hugo fez questão de prestigiar a posse do amigo, e como os demais, também teceu vários elogios a gestão de Avany, e destacou a parceria, a convivência pacífica e de resultados entre os poderes, executivo e o legislativo, e vice-versa.

Aproveitou também a oportunidade, para fazer um release de seus dois mandatos a frente da gestão municipal, compreendendo um por completo, e até aqui, a metade do outro.

Joaquim Hugo dividiu o seu discurso em dois pontos, sendo o primeiro deles dedicado a explicações de suas realizações, projetos já concluídos, outros em andamento e alguns que ainda serão iniciados. Mas reservou a última parte de sua fala ao presidente Avany.

“Por coincidência os meus seis anos já cumpridos a frente da Prefeitura de Riacho dos Cavalos, coincide com a gestão de Avany de Sousa, na Câmara Municipal, e eu poderia dizer que graças a Deus eu tive a sorte de ter este grande amigo a frente do legislativo municipal, pois através de sua seriedade, experiência e presteza, foi possível uma convivência harmoniosa e solícita, que nos possibilitou seguir com um projeto de trabalho, desenvolvimento e conquistas para o nosso município” disse Joaquim Hugo.