CRIME ELEITORAL - Homens são detidos com sacos de cimento e lista de eleitores


Três pessoas foram detidas na noite deste sábado (6), na cidade de Mamanguape, no Litoral Norte paraibano, sob suspeita de terem praticado crime eleitoral. O beneficiário seria um deputado estadual, candidato à reeleição. Com os suspeitos, a polícia apreendeu sacos de cimento em um caminhão e uma lista com nomes de eleitores, supostos beneficiários com a distribuição.
Nessa quinta-feira (4), a Polícia Militar registrou uma apreensão de quase R$ 70 mil, sacos plásticos contendo cerca de 40 mil ‘santinhos’ e lista com nomes e contatos. O rapaz que portava todo o material foi abordado no município de Patos, no Sertão paraibano.
A promotora Carmem Perazzo disse, que a polícia chegou ao suspeito após ter recebido uma denúncia. Ela disse que o homem foi detido em flagrante, e levado para a delegacia. Lá, ele revelou os nomes de mais duas pessoas responsáveis pelo material a ser doado. Os outros dois suspeitos também foram detidos.

MPE deverá apurar caso

O caso deverá ser apurado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) e se for constatada a compra de votos, poderá ser ajuizada uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) para cassar o eventual diploma do candidato supostamente beneficiado.
Até o fechamento desta matéria, os suspeitos estavam na delegacia onde serão ouvidos. Os suspeitos deverão ser liberados após pagarem fiança.
Portal Correio

Nenhum comentário

Redes

fb/https://www.facebook.com/Riachonoticias