EM DESTAQUE

EM DESTAQUE

Servidores do Município de Mato Grosso tentam evitar aprovação de projeto que prejudicará categoria



O Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Mato Grosso (PB) enviou ofício a atual gestão comunicando que os profissionais do magistério vão paralisar suas atividades.

A decisão foi tomada em Assembleia, realizada no último sábado (18/08), quando resolveram deliberar a aprovação.

O movimento paredista está marcado para o próximo dia 24 deste mês, em repúdio ao envio, para a Câmara Municipal do Projeto de Lei 007/2018, que altera o atual PCCR do Magistério.
Caso o referido Projeto não seja retirado da pauta de votação, a paralisação de fato será encampada pelos profissionais sindicalizados.

A informação foi repassada pela presidente do SINSEMG, Maria de Fátima Ribeiro Queiroga.

Uma manifestação pacifica deverá acontecer em frente à Câmara, na próxima sexta-feira quando o projeto estará sendo votado pelos edis.

A aprovação possibilitará a fragmentação da carga horária dos professores, dando brechas para a diminuição salarial da categoria.

O sindicato denuncia que a Prefeitura está legislando em causa própria, usurpando inclusive o que é de competência da Câmara Municipal.

Redação – Portal Liberdade-PB

Nenhum comentário

Redes

fb/https://www.facebook.com/Riachonoticias