www.riachonoticias.com - A notícia em primeira mão!
Publicado em:

Jungmann diz que mensagens sobre nova greve de caminhoneiros são falsas

Resultado de imagem para Jungmann diz que mensagens sobre nova greve de caminhoneiros são falsas O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou neste sábado (2) que são falsas as mensagens que têm circulado em redes sociais e aplicativos de celular sobre uma nova greve de caminhoneiros na segunda-feira (4).

 Ele disse ainda que os responsáveis por essas mensagens estão sendo monitorados e serão punidos por promoverem a “desordem” e “levando temor à população”. 

“A avaliação do governo é de que não haverá nova paralisação nacional na segunda-feira. O que existe é um movimento de fake news promovido por alguns que estão sendo monitorados e que, a partir de uma ordem judicial, serão detidos porque estão promovendo a desordem e, sobretudo, levando temor à população. 

Mas eu posso assegurar que não existirá paralisação nacional nesta segunda feira. Isso é fake news e não tem fundamento na realidade”, afirmou. Após 11 dias, o Palácio do Planalto deu como encerrada a paralisação de caminhoneiros, que causou uma crise no abastecimento de combustíveis, alimentos e outros produtos no país. 

Como parte do acordo com os caminhoneiros para pôr fim à greve, o governo anunciou uma série de medidas, incluindo a redução em R$ 0,46 no preço do litro do óleo diesel. 

O presidente Michel Temer também editou três medidas provisórias para atender a outras demandas dos grevistas. VEJA AS MEDIDAS ANUNCIADAS PELO GOVERNO O comitê de crise reunido neste sábado (2) no Palácio do Planalto informou que não há mais bloqueios nem pontos de concentração de caminhoneiros nas rodovias do país. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai manter o plantão de acompanhamento do fluxo de veículos. 

O governo também está fazendo um rastreamento permanente de mensagens divulgadas por redes sociais e aplicativos. 

A preocupação do Planalto é com pessoas que teriam interesse político em manter uma crise que já foi superada pela negociação com os caminhoneiros. Entidades Algumas das principais lideranças da categoria também mostram preocupação com essas mensagens.

 O governo divulgou uma gravação que, segundo o Gabinete de Segurança Institucional, é do presidente da Associação Brasileira de Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes. Nela, o representante dos caminhoneiros reitera que a greve acabou.

 “Estão correndo muitas mensagens de alarme sobre o novo movimento de caminhoneiros para segunda-feira, dia 4. Na verdade, não sei a fundo o que estão pleiteando, mas, de qualquer forma, chamo a atenção dos caminhoneiros de bem, para que não se envolvam em manifestações que possam pôr em risco o que já conseguimos nesta última negociação com o governo", diz a gravação. 

E continua: "É importante lembrar que já tivemos o apoio da população do bem e de vocês, caminhoneiros do bem, em nossas conquistas. 

O governo cumpriu a parte dele. Pessoal, o movimento acabou, nossas reivindicações já foram atendidas”. Em nota publicada no site da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos, o presidente da entidade, Diumar Bueno, disse que “agora o que os caminhoneiros mais querem é matar as saudades de quem está esperando ansiosos por eles, descansar da mais longa viagem que já fizeram e depois voltar ao trabalho, seguros de que, a partir de agora, serão recompensados de forma justa e mais respeitados por todos”.

TV Globo

Por: Site Riacho noticias
Compartilhe :

veja também

Publicidades: how to make gifs

how to make gifs

how to make gifs

how to make gifs

how to make gifs

how to make gifs

how to make gifs

Últimas Notícias

Comentário

www.riachonoticias.net - Todos os direitos reservados.